Artur Gomes - Juras Secretas - não fosse esse punhal de prata ou se mesmo fosse e eu não dissesse


05/01/2007


fosse essa menina monalisa ou se não fosse apenas brisa diante da menina dos meus olhos com este mar azul nos olhos teus

Escrito por fulinaima às 14h21
[ ] [ envie esta mensagem ]

Escrito por fulinaima às 14h19
[ ] [ envie esta mensagem ]

Jura secreta 39 

 

o amor é um lance de dados

a vida um jogo de risco

baralho de cartas marcadas

no olho de cão do corisco

a sorte um lance de dedos

meu trunfo uma dama de espadas

a luz do sol meu aedo

numa  oração são francisco

quando a jura secreta é lacrada

teus olhos no cais meu segredo

é dando que se recebe

perdoando que se é perdoado

salário mínimo é pecado

aos olhos de deus serAfim

na minha escola de samba

mallarmé dançou  samba/enredo

com a morena  de angola e benin

yemanjá nasceu de uma estrela

nas ondas do mar meu brinquedo

conchas de ouro e marfim

a vida um lance de dados

quando amor não cabe entre os dedos

ultrapassa paredes cancelas

o capim é uma rosa amarela

no quintal só orquídeas jasmim

toda flor é uma flor florisbela

stella em tua janela agora sonha por mim 

 

Artur gomes

http://arturgomes.zip.net

http://arturgumes.zip.net

http://almadepoeta.com/fulinaima.htm

 

 

 

Escrito por fulinaima às 14h18
[ ] [ envie esta mensagem ]

03/01/2007


Escrito por fulinaima às 20h43
[ ] [ envie esta mensagem ]

Jura Secreta 38 

 

uma caneta pelo amor de deus

uma máquina de escrever

uma câmera por favor

um computador

nem que seja pós moderno

 

vamos fazer um filme

vamos criar um filho

deixa eu amar a lídia

que a mediocridade

desta idade mídia

não coca cola mais

nem aqui nem no inferno 

 

Artur Gomes

http://arturgumes.zip.net

http://arturgomes.zip.net

http://almadepoeta.com/fulinaima.htm

 

 

Escrito por fulinaima às 20h42
[ ] [ envie esta mensagem ]

02/01/2007


Escrito por fulinaima às 09h55
[ ] [ envie esta mensagem ]

Jura Secreta 37 

para cláudia gonçalves

 

esta flor que trago aqui agora

em minha boca

vermelha rosa

que floriu nos pampas

traz a seiva de uma terra santa

que todo  mês

fazendo sol o chuva

floresce em vinho a uva

e tudo mais que o amor fizer 

essa rosa aqui entre os meus dentes

pele presente de uma musa

que traz nos belos seios

um poema em tua blusa

e na flor da pele

um nome de mulher 

 

artur gomes

http://arturgomes.zip.net

http://almadepoeta.com/fulinaima.htm

 

Escrito por fulinaima às 09h52
[ ] [ envie esta mensagem ]

Escrito por fulinaima às 09h43
[ ] [ envie esta mensagem ]